quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Deputados pedem mais eficiência na gestão do Enem e do Sisu

O deputado Gastão Vieira (PMDB-MA), titular da Comissão de Educação e Cultura da Câmara, sugeriu um modelo de descentralização para tornar mais eficientes o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação. Vieira disse que não é fácil a aplicação de um exame nacional em um país de dimensões continentais como o Brasil e, por isso, defendeu a delegação de atribuições para as universidades.

O Enem já registrou problemas como erros em impressão de provas e suspeita de vazamento de dados. Já o Sisu, utilizado para seleção de candidatos às universidades públicas com base na nota do Enem, teve problemas técnicos em seu site. Estudantes de todo o Brasil enfrentaram dificuldades para fazer a inscrição no sistema. Por esse motivo, as inscrições para as 83.125 vagas disponíveis pelo Sisu foram prorrogadas até quinta-feira (20), às 23h59.

Leia Mais...

Um comentário:

Notícia em Verso disse...

No ano passado o vexame do MEC foi continental
Provas roubadas: um prejuízo enorme, sem igual
Não só de dinheiro público, pela ampla reaplicação
Mas de tempo, desgaste, deslocamento, tensão

No ano seguinte, mais erros pela frente
O MEC, não fez a lição, é aluno repetente
Em nova oportunidade, grande confusão
Questões faltando, erros de impressão

Com o resultado do ENEM, avaliação questionada
Qual motivo das provas anuladas? Ninguém sabe nada
Exceto os alunos do Ceará, terão o direito de observar
Justiça liberou e as provas o MEC vai disponibilizar

Pois só assim, poderão aceitar a nota ou recorrer
Já que não há como julgar, sem a prova poder ver
No Rio, o juiz determinou prorrogação da inscrição
O MEC contesta, por questões técnicas, a imposição

Mas vale lembrar que o exame do SISU é nacional
E que, portanto, direitos devem ser dados por igual
Se cearenses e cariocas tiveram benefício conquistado
Que a decisão seja expandida aos demais estados

http://noticiaemverso.com
twitter: @noticiaemverso