segunda-feira, 28 de abril de 2008

Colbert tem comportamentos claros e sérios na política

“Com toda minha experiência política e com todos os mandatos eletivos que já conquistei, não pega mesmo esse veneno de que ando desprezando apoio de partidos. Isto é apenas uma tentativa de apimentar o momento, mas com uma pimenta que não muda em nada o gosto da comida”. Reagiu o deputado federal Colbert Martins Filho à matéria, publicada sábado pela Folha do Estado, dando conta de que ele estaria fazendo desdém do apoio do PSL.

“O radialista e político Carlos Geilson tentou criar o chamado molho na entrevista. Percebi e respondi no mesmo contexto, com o mesmo veneno. A Folha do Estado tentou remexer o tempero, tentou dar o valor que a linha editorial do jornal julga melhor”, avalia Colbert Filho.

O Deputado lembra que sua postura política de respeito a correligionários e também a adversários está mais do que patenteada ao longo de sua vida pública. “Querer me imputar um comportamento que todos sabem que não é o meu, é, no mínimo, considerar os políticos e o eleitor como incapazes de pensar, de avaliar. Espero que a campanha deste ano não tome este rumo, porque o povo está querendo coisa séria”, acrescenta.

Colbert Martins arremata lembrando que visualiza de maneira bem ética a questão de negociações partidárias. “Não trato de um assunto tão sério como se estivesse pechinchando o valor de uma mercadoria qualquer”, afirma.

Um comentário:

Carlos Novaes disse...

Quero parabenizar o Deputado Colbert e dizer para ele que figuras que agem com baixaria tentado rescussitar o Carlismo do modo mais cruel que existe que é a baixaria não terão vez nas próximas eleições e que eles só estão agindo assim por conta de desespero, afinal de contas Colbert é o líder nas pesquisas.