segunda-feira, 16 de junho de 2008

Na Convenção do reencontro, PMDB consagra Colbert

A convenção do PMDB, a primeira na cidade com vistas à sucessão municipal, além de consagrar o nome do deputado Colbert Martins como candidato a prefeito, a chapa de candidatos a vereança e autorizar coligações majoritária e proporcionais, marcou também o reencontro de antigos e novos emedebistas, todos unidos pela vitória já no primeiro turno.

Realizada na sede do CDL, logo cedo os militantes do partido a as torcidas organizadas de vários candidatos a vereador tomaram a Praça da Catedral que amanheceu cheia de faixas exaltando “Colbert é 15”, “PMDB é 15”, “Agora é 15”, além de saudar os convidados.
Com telões dentro e fora do CDL porque o auditório ficou pequeno, a convenção que se desenvolvia normalmente se transformou numa grande festa com a chegada do candidato Colbert Martins acompanhado do Ministro Gedel Vieira Lima e outras personalidades para os pronunciamentos que marcariam o encerramento da festa.

Antes dos discursos de Gedel e Colbert, usaram da palavra Clovis Lima, presidente do PPS, Albertino Carneiro, presidente do PT, o deputado estadual Luciano Simões, Ildes Ferreira, Secretário de Ciências e Tecnologia do governador Jaques Wagner e o advogado Celso Daltro, em nome de familiares do saudoso deputado Francisco Pinto, por delegação do irmão Antonio Pinto dos Santos.

Penúltimo orador, o ministro, sempre interrompido pelos aplausos garantiu que “o Presidente Lula sabe que eu estou na Bahia, aqui em Feira de Santana, na convenção do nosso candidato”. Colbert, ovacionado, reafirmou a luta para transformar Feira de Santana numa região metropolitana, citou setores que estão no seu programa de governo, garantiu que dará continuidade as obras que encontrar e fará muita mais “porque Feira de Santana precisa entrar no século 21".

2 comentários:

Elisabete Costa disse...

"Não queiram apagar a história que está na memória... da Feira menina, da Feira mulher..."
A convenção deu um ponta pé para a escrita de uma nova página na história de Feira de Santana e tornou-se uma marco histórico.
Parabéns a todos!!!!

Danilo Aguiar disse...

Fica comprovado que o nome de Colbert é o melhor para Feira por conta de sua parceria com Lula, Wagner e Geddel, eleger o candidato dos DEMOS seria um retrocesso tendo em vista seu passado de tropeços administrativos quer seja como diretor do Fluminense de Feira ou do Clériston Andrade.

Parabéns ao PMDB pela escolha de Colbert nosso futuro Prefeito!